top of page

O que comer quando se está com diarreia?


mulher com dores intestinais

Resolvi publicar este conteúdo, pois no último mês, a queixa de diarreia por viroses ou pelo uso de antibióticos entre meus pacientes foi relativamente frequente e alguns me pediram um "socorro" no que se refere à dieta.

A diarreia é uma condição caracterizada pelo aumento na frequência das evacuações intestinais, acompanhada por fezes líquidas ou semilíquidas. Ela vai ocorrer quando o sistema digestivo não absorve adequadamente a água e/ou os nutrientes dos alimentos, resultando em fezes soltas e frequentes.

Ela pode ser causada por uma variedade de fatores, incluindo infecções virais, bacterianas ou parasitárias, intoxicação alimentar, reações a medicamentos, intolerâncias alimentares, doenças intestinais inflamatórias, dentre outros.

Dessa maneira, há um risco aumentado de desidratação, devido à perda de líquidos e eletrólitos em um ritmo mais rápido do que o normal, o que resulta em: indisposição, fraqueza, dificuldade de concentração e etc.


Mas então o que fazer para evitar a desidratação? 

Você deve tomar água e soro caseiro, suco de laranja coado, água de coco, isotônicos com boa composição e sopas leves.


O que posso comer?

É importante escolher alimentos leves e de fácil digestão para ajudar a acalmar o sistema digestivo e evitar piorar os sintomas. Abaixo, algumas sugestões do que comer:

  • Pão branco, macarrão de arroz, arroz branco;

  • Bolacha de água e sal, biscoito de polvilho;

  • Banana-maçã, banana-prata, maçã sem casca, purê ou papa de frutas, frutas assadas ou sem casca;

  • Batata, cenoura, chuchu e abobrinha cozidos, em forma de purê, creme ou sopa;

  • Bife macio, frango sem pele, peixes, clara de ovo (cozidos ou assados);

  • Azeite de oliva (em pequena quantidade nos preparos).


O que devo evitar?

  • Alimentos integrais e fibrosos;

  • Sucos de frutas com açúcar;

  • Uvas passas, frutas secas;

  • Verduras folhosas (repolho, couve manteiga, couve-flor, brócolis, agrião, espinafre, etc), milho, pimentão e outros alimentos formadores de gases;

  • Feijão, lentilha, ervilha, grão de bico, nozes, castanhas, amendoim;

  • Leite e derivados;

  • Gema de ovo, frios e embutidos (salsicha, presunto, linguiça, mortadela, etc), fígado, carnes gordurosas, carnes fritas ou à milanesa;

  • Molhos gordurosos (maionese, catchup, mostarda, extratos e molhos de tomate, etc);

  • Doces concentrados (goiabada, marmelada, geléia);

  • Refrigerantes, água tônica, bebida alcoólica.



pão francês tostado

Exemplo de cardápio:

  • Café da manhã: Pão francês tostado + suco de laranja coado;

  • Almoço: Chuchu cozido com clara de ovo cozida + batata cozida amassada + carne moída de patinho;

  • Lanche: Biscoito de polvilho + água de coco;

  • Jantar: sopa com batata e cenoura + peito de frango cozido e desfiado.

Se os sintomas persistirem por mais de 7 dias ou se houver sangue nas fezes, febre alta e/ou vômitos repetidos, é importante procurar tratamento médico para receber fluidos intravenosos e outros tratamentos adequados.

31 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page